quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Churrasco Grego - Perguntas Frequentes


Você que sempre sentiu vontade de experimentar esta delícia, mas tinha medo ou vergonha, agora seus problemas acabaram.

É seguro o consumo de churrasco grego?
Sim. O lanche grego é um dos alimentos mais seguros para a alimentação humana, pois ele possui a capacidade de gerar anticorpos.

É verdade que o churrasco grego deve sempre ser servido com suco grátis?
Sim. Pela lei federal 7024/69, o suco grátis passou a, oficialmente, fazer parte do lanche grego. Se, por acaso, o churrasqueiro quiser vender o lanche sem salada ou sem suco, você deve reclamar para o Procon. O fato de estipular suco grátis dá a entender que o lanche grego deve ser acompanhado opcionalmente de suco, mas agora é lei.

É verdade que pessoas de ascendência oriental podem morrer ao ingerir lanche grego?

Não. Isso é completamente falso, os povos orientais estão habituados a ingerir todo tipo de organismo vivo, não-vivo e também aqueles que não se podem classificar.

É verdade que há achados arqueológicos que mostram que os índios já comiam churrasco grego?
Sim, há estudos que mostram que não só as populações indígenas, mas também os povos andinos, os mouros, os elfos e os oompa loompas consumiam cada qual uma variedade de churrasco grego adaptada à sua realidade local. Os egípcios se destacam por confeccionarem churrascos gregos feitos com o pâncreas de virgens sacrificadas e já oferecerem o famoso suco grátis.

É verdade que Oswaldo Cruz inventou a vacina contra febre amarela com o uso do churrasco grego?
Sim. Isso é verdade. Até hoje, os cientistas tentam entender as capacidades imunológicas deste lanche dito milagroso. O que acontece é que o lanche grego possui um alto índice de bactérias nocivas e assassinas. Porém, o calor da máquina de lanche mata e enfraquece as bactérias. Assim sendo, ao ingerir este lanche, consegue-se um efeito "vacinante".

É verdade que o McDonald's roubou a idéia brasileira e decidiu lançar um lanche parecido com o churrasco grego?

Sim, infelizmente é verdade. Mas, graças às leis internacionais de propriedade intelectual, o Churrasco grego é uma marca legitimamente brasileira, não podendo ser registrada pelo McDonald's. A corporação decidiu lançar o McGreek Barbecue, que não deu certo devido a três problemas: primeiro, higiene na fabricação, o que retira aquele sabor característico; segundo, ausência do suco grátis; terceiro e mais grave: os elevadíssimos preços de R$ 2,00 na versão normal (com suco de 200ml), e R$ 2,99 na versão McOferta, com suco maior (300ml) e batata frita.


Existe relação entre o pão utilizado no churrasco grego e a penicilina?
Sim. Como todos sabem, o pão do churrasco grego passa por um processo de envelhecimento, formando assim, foco de mofo. E como todos sabem, essas colônias de fungos ao serem ingeridas, passam pelo processo digestivo transformando-se em penicilina, que podem curar até as mais piores gonorréias contraídas num puteiro na mesma rua de onde você comeu um churrasquinho depois traçar uma rapariga.


Graças às CIAs aéreas, o churrasco grego caiu no gosto do grande públicoAssar o churrasco grego ao ar livre pode ser prejudicial a saúde?

Pelo contrário, é benéfico. Toda a sintetização da carne e seus nutrientes é feita pelos altos índices de monóxido de carbono emitidos pelos carros, caminhões e partículas de escarro dos garis da prefeitura que varrem constantemente a área onde tais máquinas de churrascos ficam instaladas.

É prudente comer o churrasco grego na rua?
Claro. O que seria do centro da sua cidade se não fosse emporcalhada, cheia de resto de comida, catarro, suco babado, vômito, migalhas de pão, urina de rato, intestinos de baratas, etc. Enfim, a lista é imensa, prudente é sujar. Não seja do contra, levar seu churrasco para casa é um falta de educação desgraçada, além do mais, o churrasco perde todas as suas propriedades benéficas.

A partir de que idade o consumo de churrasco grego é recomendado?
Por ser uma iguaria que depende de bons dentes, seu consumo é aconselhado para pessoas que tenham, no mínimo, dois fortes caninos.

Mas, e as pessoas que não tem dentes?
Neste caso, molhar o churrasco grego no suco grátis até virar uma papa é bem eficaz.

O churrasco grego pode ser passado na pele para tratamento estético?
Pode. Pesquisas no laboratório Johnsson & Creysson concluíram que passar o churrasco na pele fortalece a melanina e seu uso prolongado pode salvá-lo de radiações nucleares. Seu uso apenas é desaconselhado para pessoas que possuam feridas ou outros rombos na pele por falta de banho ou higiene mesmo.

É verdade que o churrasco grego é uma iguaria alienígena?
Não. Não é verdade. Alienígenas entrevistados recentemente pelo agência intergaláctica ZakKarpovLunar, disseram que ingerem alimentos pelo mamilo e não pela boca... Aliás, eles não possuem boca, a abertura na face parecida com uma boca é utilizada para despojo de excrementos.

2 comentários:

Leonardo disse...

Pôxa, estou procurando um churrasquinho grego no Rio de Janeiro... Consegue me indicar um?

Um forte abraço

Leonardo disse...

http://blog.comendonarua.com.br